VEM PEDALAR
Segunda-feira, 15 de Fevereiro de 2010
raid á freita - 13-02-2010

 

Chegámos a albergaria pouco passava das oito, com tempo para o café da manhã. A disposição não era a melhor, o tempo estava frio e ventoso, de cortar a respiração,  imaginámos como estaria lá em cima, pelo menos o sol estava radioso, aquecendo-nos as almas.
 
o rogério indiferente ás adversidades climatéricas, não deixou passar em claro a época de carnaval, com o seu grande humor. a bike quitada com serpentinas, máscara do spiderman e um saco plástico pendurado no guiador, com serpentinas e confétis que foi atirando pelo caminho e que durou até á freita, fez rasgar grandes sorrisos.
 
saímos de albergaria, comandados pelo evaristo em direcção a vale maior, gavião, dornelas, senhora da saúde, arestal. A partir daqui a paisagem começou a mudar, o verde dos pinheiros e eucaliptos, deixou de nos acompanhar e passou para uma vegetação rasteira com muita pedra á mistura. a transparência da água dos riachos desapareceu, para dar lugar ao branco cristalino do gêlo, quebrado pelos pneus das bikes ao passar nas poças.  o estalar caracteristico do gêlo e alguns sustos devido aos escorreganços acompanhou-nos uma boa parte do percurso, o que se tornou divertido.
 
depois de muita subida abordámos a freita por um caminho de cabras, de pedras, de rêgos, calhaus e sei lá que mais, apeados e com a bike ás "cavalitas", deu bem para aquecer os pés que continuavam gelados. há que ter muito cuidado, pois não se leva o cota para um caminho de cabras!!
 
é difícil descrever a magnitude da freita, dos campos verdes, da aridez, da queda de água, dos pastores, das aldeias, dos animais...
 
a fome apertava, no alcatrão foi meter a "taleiga"  e chegar rápido ao restaurante no merujal. a sopinha divinal aqueceu-nos, seguido da grelhada mista com duas cervejolas para retemperar.
 
no retorno, o imprevisto aconteceu e o grupo ficou dividido em dois. o jp, a sónia e eu não reparámos na cortada a seguir ao restaurante mira freita e descemos demais. para não atrasar o grupo decidimos então ficar por nossa conta e risco.
 
se a ida foi a subir a vinda não foi melhor, apanhámos subidas de alcatrão que tivemos de fazer na "pequenina", empurrar a bike por mais subida de calhaus, safou-nos chegar a decide e cortarmos para janardo e descermos á volta de 10 km até telhadela sempre pelo pinhal.
 
entretanto tinha ligado ao carro  vassoura (rogério), que nos apanhou em vale maior ás 18h20, já estava a ficar escuro - esta parte é especial, para delírio do orlando!
 
enfim, objectivo cumprido. foram umas horas de pedal, cinco até á freita e mais quatro de regresso, é fazer contas. ficam  também os bons momentos passados e á espera de mais um desafio do saco do evaristo.
 
 
 
 
 
 
 
 

 


tags:

publicado por bttmais às 19:58
link do post | comentar | favorito

vem pedalar
só para quem gosta de música!!!!!
só para conhecedores
Novembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


mecânica
arquivos

Novembro 2011

Outubro 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

tags

todas as tags

mais sobre mim
links
Weather Forecast | Weather Maps | Weather Radar
tecnica mtb

Contador site