VEM PEDALAR
Domingo, 27 de Junho de 2010
ilhavo-sernada 2010-06-26

com partida das piscinas de ílhavo, eu o pedro e o joel rumámos em direcção a sernada do vouga.

 

com passagem pela coutada, universidade, santa joana, preocupação constante de fugirmos ao trânsito, em azurva finalmente trocámos o asfalto pelo pinhal, em eixo apanhámos o trilho pelo meio dos campos de milho junto ao vouga até alquerubim e serém. trilho plano, sem grande história, apenas uns 2 ou 3 kms de  empedrado a fazer lembrar como será o paris-roubaix em roda fina, deve ser um empeno enorme.

 

 

de serém até sernada, seguimos o trilho da margem esquerda do rio vouga, que faz parte da maratona de vale do vouga, já devidamente marcada. este trilho fizémo-lo em bom ritmo, deu para divertir nas curvas e buracos, fazendo esquecer o entediante plano. 

 

em sernada comemos uma fatia de bolo que o joel simpáticamente compartilhou  e tomámos o cafézito da ordem,  continuámos até perto de vale maior, subindo até albergaria para entrármos novamente no pinhal  em direcção a s. marcos e fontão.

 

entre albergaria e s. marcos, alguém fez o favor de pôr fogo ao pinhal que ainda fumegava. felizmente o tempo nestes últimos dias não tem estado favorável à propagação, ficando circunscrito a um pequeno espaço de área ardida.

 

já em angeja divertimo-nos a fazer uma descida tão espectacular quanto perigosa, devido ás irregulridades do piso e pedra. depois de descermos de angeja, apanhámos o estradão até taboeira, onde retornámos pela 109. 

 

 

 

foram 85 kms bem puxadinhos, de grande camaradagem, com um ou outro imprevisto, incluindo dois furos na roda da frente da bike do pedro

 

que com a pressa e a conversa colocou a roda com a camâra de ar rota ainda na perna da suspensão. foi um dos momentos da volta

 

 

 

 

 



publicado por bttmais às 20:14
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 23 de Junho de 2010
tour de france

    

2010 será nas alturas

 

"O Círculo da Morte" está de regresso à Volta à Fran­ça. Confuso?  para comemorar os 100 anos que a prova celebra em 2010, a direc­ção do Tour decidiu que os corredores vão escalar as montanhas Peyresourde, Aspin, Tourmalet e Aubisque, nos Pirinéus.

 

Este percurso de alta montanha, entre a França e Espanha, já fez parte de várias edições da prova, aumentando, substancial­mente, o seu grau de difi­culdade. "Comparativa­mente com os Alpes nas edições anteriores, esta edi­ção do Tour será mais difí­cil e exigente", destacou Christian Prudhomme, di­rector da prova.

 

 

Contactado pelo metro, o ex-corredor e actual co­mentador, Marco Chagas, explicou que "o ano de 2009, a Volta à França foi mais macia, mais acessível, com poucas chegadas emimage thumb9 Ciclismo – Volta à França montanha". O percurso de 2010 "é um pouco o re­gresso" às origens e à montanha, porque "é um ano especial".

 

 

Sprinters. O norueguês Thor Hushovd, camisola verde em 2009, está apreen­sivo com o próximo Tour, pois, confessa, "a monta­nha será difícil de passar". O britânico Mark Cavendish, vencedor de seis eta­pas em 2009, também está desconfiado: "Há quatro ou cinco etapas para sprinters e então, depois, vou ter que sobreviver a duas semanas de montanha. Mas vou preparar-me, para chegar ao fi­nal na minha melhor con­dição física."

 

 

Marco Chagas salienta que Hushovd e Cavendish "têm a tarefa complicada" porque são sprinters. Quan­to aos candidatos à vitória fi­nal, Chagas avança Alberto Contador e Lance Armstrong, que  vai va­ler mais do que no ano de 2009".

 

O Tour 2010 começa com um prólogo de oito quiló­metros em Roterdão, Ho­landa, a 3 de Julho, a prova também passa na Bélgica, e termina três semanas e 3.596 km depois, em Paris.


tags:

publicado por bttmais às 00:25
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 22 de Junho de 2010
ciclismo

o português rui costa venceu no sábado a penúltima etapa da volta à suíça.

 

esta vitória, que nos faz encher de orgulho, vem demonstrar que temos potencial na modalidade e os atletas que estão nalgumas das melhores equipas europeias têm qualidade e mérito.

 

pena é que o nosso ciclismo, internamente esteja tão em baixo e a nossa volta a portugal esteja tão decadente e não seja uma referência de qualidade como noutros anos foi, está como o país, em crise...

 

vai-nos restando a volta ao algarve, com nomes de renome internacional a deslocarem-se e a darem desportivamente ênfase ao nosso país. pena é que o nosso jornalismo deixe passar quase despercebido estes grandes momentos, foi o caso do alberto contador que na conferência de imprensa que deu, estavam seis ou sete jornalistas.

 

acho que preferem noticiar as namoradas do ronaldo, ou arranjar-lhe algumas, na eventualidade de não existirem.



publicado por bttmais às 01:09
link do post | comentar | favorito

natação adaptada - selecção portuguesa em berlim

o atleta do sporting clube de aveiro gino caetano, integrou pela primeira vez a selecção portuguesa de natação adaptada.

 

ao integrar a comitiva portuguesa no meeting internacional german swimming championships, conseguiu excelentes resultados ao participar em duas finais, 200 m estilos 4º lugar e 100 m costas segundo.

 

com os bons tempos alcançados, espera-se que seja convocado pela selecção para o próximo campeonato do mundo, a realizar já no próximo mês de agosto.

 

atleta, clube e treinadores estão por isso de parabéns por esta excelente prestação.

 

os restantes atletas, estiveram também em bom nível, com destaque para dois 2ºs lugares e record nacional para david grachat.


tags:

publicado por bttmais às 00:51
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Segunda-feira, 21 de Junho de 2010
serra do ladário - 20-06-2010

mais uma incursão pela espectacular serra do ladário.

 

 eu, o Evaristo e o Pedro Fonseca, saímos de paradela com destino ao alto da serra do ladário, para explorar caminhos novos na parte sul da encosta.  ao contrário da maior parte do ano, a serra encontrava-se muito verde, a aridez caracteristica da serra estava bem dissimulada.

 

 

depois de subirmos até ao posto de vigia, foi hora de comtemplarmos a beleza da serra, comermos a barrita e iniciar a descida. a descida pelo lado sul não tem trilho definido, apenas blocos de pedras pelos quais descemos e vegetação rasteira que dificulta a descida pois oculta a pedra solta e paus acumulados das chuvas de inverno, fomos obrigados a fazer a parte final da descida a pé, mesmo assim deu grande gozo fazer.

 

 

continuámos a descer, até que o trilho deixou de ser trilho, para passar a ser um mar de vegetação densa e silvas, a progressão a pé foi complicada, com os trilhos da outra encosta ali tão perto, foi uma boa meia hora pelo meio do mato e um machete tinha dado grande jeito. finalmente atravessámos o ribeiro que divide as duas encostas, conseguindo chegar ao caminho tão desejado.

 

as pernas e braços mostravam bem as marcas das silvas e tojos, concerteza naquela zona não passa ninguém há anos.

 

circundámos a serra, quer dizer subimos até à srª. da serra, agora sim por caminhos já marcados com fitas que por lá ficaram, seguindo até lameiro longo para descermos os famosos singletracks da zona.

 

esta volta pela serra do ladário, é difícil, é uma volta de puro enduro e não de crosss coutry, nos caminhos impera a pedra, muita pedra e solta, pensava eu que a parte com mais dificuldade estava ultrapassada, mas estava bem enganado.

 

iniciámos a descida dos singles e de facto dá para divertir em algumas zonas, pois noutras em que os drops são muito desnivelados, já não é para mim e para os 90 de curso da minha suspensão. não é de facto o meu terreno favorito, não sou destemido o suficiente para arriscar. em arcozêlo das maias, viemos a abrir pela linha do vale do vouga.

 

foi uma manhã divertida e bem suada, com grau de exigência elevado, tanto técnico como físico.


tags:

publicado por bttmais às 16:06
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 15 de Junho de 2010
pedricosa 13-06-2010

como faltei aos treinos durante a semana, tinha de desentorpecer as pernas neste domingo.

 

saí de casa cedo (8h), pois cedo tinha de chegar. iniciei a pedalada sem destino e na impossibilidade de ir ao monte, rumei para a pedricosa, é o que se tem de melhor aqui mais perto. já se via alguns ciclistas no passeio domingueiro e transito muito pouco, ainda peinsei em fazer estrada, mas ía ser fastidioso e mesmo penoso pedalar três horas em alcatrão e sózinho.

 

já a entrar na quinta da pedricosa a tendência foi fazer o percurso da rota do bacalhau. claro nos caminhos não havia ninguém, pude impôr um ritmo bom, desfrutando bem mais do percurso do que há uma semana atrás, que foi um pára arranca constante devido ao pessoal menos experiente em trilhos mais técnicos.

 

de realçar positivamente mais uma vez a organização,  pois não encontrei uma única fita referente à rota do bacalhau, completamente limpo, exceptuando as fitas de outros eventos, azuis e vermelhas já meias debotadas pelo tempo. em alguns sítios tive alguma dificuldade em seguir o trilho certo e uma ou outra fita tinha feito jeito, lol.

 

em suma um bom treino, no qual me diverti nos singles e  as energias acumuladas durante a semana foram gastas sem reservas, sentindo no final cansaço nas pernas e satisfação geral por têr suado a camisola.


tags:

publicado por bttmais às 00:28
link do post | comentar | favorito

Sábado, 12 de Junho de 2010
alpes d´huez

a sexta etapa da clássica dauphiné libéré foi espectacular.

 

a subida do alpes d'huez com o duelo contador vs brajkovic, fez desta etapa épica, com o contador sempre a tentar descolar e o brajkovic a defender-se muito bem e mesmo no final a tentar fugir e ganhar, mas não conseguiu.

 

só mesmo vendo...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

esta prova com objectivo de preparação para a raínha do ciclismo mundial, o tour de france, deixa boas indicações sobre o alberto contador e até mesmo para a radioshack, além de armstrong, têm agora pelos vistos mais uma alternativa com brajkovic, para darem luta, digo eu.

 

os irmãos shlek, têm estado muito quietos no seu canto, sem darem muito nas vistas, mas concerteza irão estar em forma no tour, pelo menos eu assim o espero. ao contrário o colega cancelara, tem estado nas primeiras páginas, mas negativamente, com o caso da bike com ajuda motorizada. hoje deu uma boa resposta ao ganhar em casa, na suíça o prólogo. o contra-relógio de 7,7 kms era bem difícil, pois era muito técnico, com curvas bem exigentes e com a estrada molhada a complicar.


tags:

publicado por bttmais às 22:27
link do post | comentar | favorito

Domingo, 6 de Junho de 2010
rota do bacalhau 06-06-2010

a maratona rota do bacalhau proporcionou aos participantes uma manhã de btt com muita diversão e adrenalina.

 

a organização foi simplesmente impecável, não lhes consigo apontar uma falha, tal foi o nível altíssimo, a exigência e rigor levada ao extremo. não é de admirar pois o staff era do melhor, com pessoas que andam nisto há muitos anos, que já participaram em muitos eventos, conhecedores e amantes do btt. fizeram esquecer a deplorável maratona de aveiro que manchou o nome da nossa cidade.

 

marcações irrepreensíveis, mesmo assim fui "enganado duas vezes" por seguir o pessoal e não olhar para as fitas.

cruzamentos sempre com muita gente, houve mesmo uma grande adesão de pessoal voluntário.

zonas perigosas muito bem sinalizadas e sempre com pessoal a chamar a atenção, mesmo assim muitas quedas ou por falta de experiência ou por arriscarem em demasia, o pessoal leva as maratonas muito a sério.

abastecimentos mais que suficientes para este tipo de prova, as laranjinhas caíram que nem ginjas.

muito importante foram os três locais de assistência em sítios estratégicos, prestando os primeiros socorros aos menos afortunados, que o diga o amigo raul, aos dez kms teve uma queda, foi assistido e ainda terminou entre os 60 e de seguida hospital para levar uns pontitos, as melhoras "perigoso".

um final espectacular a passar pelos estreitos corredores entre as casas, mesmo no centro de ílhavo e um circular pelo centro cultural para uma chegada em grande estilo.

água sempre à descrição e no final bica aberta de cerveja bem fresquinha.

banho quentinho e com boas condições, tanto na escola como no pavilhão.

antes do almoço o pessoal foi presenteado com umas entradas de bolos de bacalhau, croquetes e rissóis, claro e cerveja.

o famoso bacalhau do almoço estava mesmo bom, feito no forno com batatinha a murro, salada e gelatina de sobremesa.

classificações já disponíveis online, grande rapidez!

 

como em tudo há sempre um senão. logo no início o trilho afunilava muito ao passar por dentro duma quinta e de seguida por um single junto ao rio, foram minutos de espera para se andar no máximo 1 km, talvez fosse escusado e se estendesse mais pela estrada, o pessoal ía dispersando e não havia confusão nos singles que se seguiram.

 

em suma, foi uma maratona muito bem delineada,  com bons patrocínios com que fez elevar a qualidade da mesma, à qual o pessoal aderiu e mais inscrições haveria se estas não fossem limitadas a 500 participantes.

 

parabéns à organização por ter trabalhado tão bem e deixar o pessoal satisfeito, não é fácil concerteza montar um evento assim, com qualidade ao detalhe.

 

 

 


tags:

publicado por bttmais às 23:41
link do post | comentar | favorito

vem pedalar
só para quem gosta de música!!!!!
só para conhecedores
Novembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


mecânica
arquivos

Novembro 2011

Outubro 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

tags

todas as tags

mais sobre mim
links
Weather Forecast | Weather Maps | Weather Radar
tecnica mtb

Contador site