VEM PEDALAR
Domingo, 18 de Abril de 2010
três riachos

a chuva deitou abaixo os planos duma pedalada na freita.

 

o pessoal que desafiei, sensatamente cortou-se devido ás fortes chuvas na sexta à tarde. estive quase para pedalar sózinho e ir até ao caramulo. tal não aconteceu, eu e o pedro encontrámo-nos em albergaria para fazermos a voltinha do clube local, efectuada no ano passado.

 

o dia amanheceu sombrio, com nuvens carregadas mas altas. em albergaria o sol começou tímidamente a despontar, para nunca mais nos abandonar. foi uma manhã excelente para a prática do btt.

 

rumámos até à mata junto da A25, seguimos pelos estradões até apanharmos umas perigosas descidas com muita pedra polida, que devido ao terreno molhado, as rodas escorregavam com muita facilidade, fazendo a bike sair de frente ou em slide, optou-se por descer a pé.

 

já no fontão, passámos pelos belos moínhos de àgua e começaram as primeiras subidas, pequenas mas íngremes. subimos por um singletrack  com alguma pedra, que o tornou divertido e técnico.

 

na srª. do socorro, foi hora de abastecer e tirar umas fotos da serra. de seguida descemos até aos moinhos da freirôa, com o rio caima a acompanhar. esta zona até ribeira de fráguas é muito bonita, um sobe e desce constante, caminhos com muita pedra, vegetação densa e árvores frondosas que não deixam o sol passar. foi hora de molhar os pés nos riachos que nos barraram o caminho, estava bem fresqinha.

 

 

um senão, para o estendal de fitas penduradas nas árvores, eram azuis, brancas, da scott, da soc. com. vouga e, para as placas do trilho do solar, chegámos a vêr três a indicarem um mesmo caminho, incrível, estavam com receio que o pessoal se perdesse....

 

 

 

depois de passarmos o gavião, chegou o momento do dia, a recompensa, o gozo que dá pedalar cada vez com mais vontade, talvez por ser algo diferente do habitual. entrámos no riacho a pedalar dentro da água e pelas pedras escorregadias, manter o equilíbrio durante uns 200 m, não foi nada fáci, este momento lúdico, de liberdade, de contacto com a natureza fez-me lembrar quando era puto.

 

 

no último trilho fora de estrada, o imprevisto aconteceu com o pedro a ir ao tapete. um pau traiçoeiro, enviesado,  escondido nas folhas secas das árvores, não deu hipótese e fez um ko, felizmente sem consequência aparente.

 

este passeio é bem interessante para se fazer no verão, pois tem muito trilho sombrio e água para dar uns bons mergulhos ou pelo menos para refrescar.

 

 


tags:

publicado por bttmais às 22:45
link do post | comentar | favorito

1 comentário:
De Pedro Bastos a 18 de Abril de 2010 às 23:45
Aquele pau tão bem escondido pela vegetação estava mesmo à minha espera :( . A sorte é que a cama de silvas se apresentou bem fofinha, lol . Uma voltinha à maneira, com uma manhã de sol e algum calor à mistura, bem retemperado pelos vários riachos que atravessámos. A pergunta que ficou no ar, será que uma rígida faria aqueles 200 metros subaquáticos?


Comentar post

vem pedalar
só para quem gosta de música!!!!!
só para conhecedores
Novembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


mecânica
arquivos

Novembro 2011

Outubro 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

tags

todas as tags

mais sobre mim
links
Weather Forecast | Weather Maps | Weather Radar
tecnica mtb

Contador site